setembro 27, 2015

A origem da alfarrobeira - Ceratonia síliqua


A alfarrobeira - Ceratonia síliqua - é originária do Médio Oriente, provavelmente da Síria, tendo sido trazida para a Europa pelos gregos. A sua expansão para o sul de Itália foi feito a partir da Grécia, sendo, actualmente, tornando uma das árvores mais representativas da Bacia do Mediterrâneo. 

Surgem referências à alfarrobeira na Bíblia a propósito da alimentação de João Baptista. O profeta pregava no deserto da Judeia, uma região árida e montanhosa, onde se alimentava de gafanhotos (locust) e mel.
A alfarroba é também conhecida como locust bean (feijão gafanhoto), pela semelhança entre a vagem e o insecto. Sabendo-se da existência de gafanhotos na época, através da praga, surge a dúvida acerca do que comeria o profeta: 
- Gafanhotos ou alfarrobas? 
Daí que os ingleses chamem à alfarrobeira St. John's Bread (pão de São João), devido a uma diferente interpretação da palavra locust, que pode vir da tradução grega do manuscrito.

Texto adaptado de: CÂMARA, Fortunato da -  Alimentos ao sabor da histórias, Colares Editora,Sintra, 2010, pp. 23 e 24