julho 18, 2014

"Monchique nos Textos e Aguarelas de George Thomas Landmann (1780-1854)

07/10/2009, 17:02

Vila de Monchique
Pelo recenseamento de 1801, o concelho de Monchique, com as suas cinco freguesias, tinha uma população de 2033 habitantes, distribuídos por 668 fogos. Neste mesmo ano de 1801 deu-se aquela que alguns historiadores consideram ser a 1.ª Invasão Francesa, que se traduziu na chamada “Guerra das Laranjas”, da qual ainda hoje resta a chamada “Questão de Olivença”.


Devido ao clima beligerante que se tinha instalado, fruto do desequilibro entre as potências e as forças em presença, era necessário um reforço e modernização do Exercito português, recorrendo-se para isso à contratação de prestigiados militares estrangeiros, que entraram assim ao serviço do príncipe regente D. João. Destes, pelo menos três deles passaram por Monchique durante as suas viagens de prospecção e observação, tendo registado em belos trechos, que viriam a ser publicados, tanto as suas belezas naturais como os costumes dos seus habitantes. O Príncipe Christian de Waldeck, que foi contratado para marechal das nossas tropas visitou a vila a 27 de Março de 1799, e dela deixou um relato da sua passagem pela pena do seu secretário pessoal, o coronel Barão von Wiederhold. Outro dos militares foi o coronel engenheiro George Landmann, que é objecto do nosso estudo. (...) "



Artigo publicado no Jornal de Monchique de 07.10.2009, Cultura