setembro 19, 2014

Lagos

«Lago seduz-nos com a sua ampla baía que pode abrigar todas as esquadras do mundo, e por ter sido o túmulo do infante D. Henrique.
A grande indústria de Lagos é a conserva e a salga da sardinha. Não escasseiam, porém, as almadravas para a pesca do atum que é vendido para Vila Real, povoado que em toda a costa do sul tem a primazia na conserva d’esse peixe saborosíssima.» (Arruda, 1908, p. 94)