novembro 23, 2014

Paisagem e alimentação

“As diferenças entre o Norte e o Sul, com o Mondego como referência, estão bem patentes no clima e morfologia dos terrenos, nos sistemas agrários e na divisão da propriedade, nos vinhedos serranos do Douro e no montado alentejano, nos povoamentos fracionados ou concentrados, no granito da casa nordestina ou beirã e nos barros e taipas do Alentejo e Algarve. São também visíveis nas expressões linguísticas e “falares”, nas festas e modos de celebração colectiva, na tradição oral, nos desfiles de oferendas, e ainda no desenvolvimento de formas particulares de preparação e confeção dos alimentos onde os conhecimentos transmitidos de geração a geração se associaram aos saberes e produtos trazidos pelas permutas das Descobertas.”

in: Dieta Mediterrânica-  um património civilizacional partilhado, brochura realizada no âmbito da Comissão responsável pela candidatura da Dieta Mediterrânica a Património Cultural Imaterial da Humanidade/UNESCO - PDF aqui