janeiro 15, 2015

A esplanada e o túnel

«A esplanada, passado o túnel, assenta em três áreas distintas, cimentadas ou de piso de lájeas. À esquerda, a porta de entrada para o hotel, secção de turismo, loja de artefactos da região, bilhetes-postais, cafés, sandes e gelados, refrescos. Fora, mesas sobre toldos redondos, cadeiras articuladas, que se dobram, a encostos graduados: de repousar sentado, reclinado, até se estenderem, como camas estreitas; de estar de óculos escuros ou de olhos fechados, e não por pudor em qualquer dos casos, sou seminu a bronzear o mais que possa ser em toda a parte do corpo




in: FONSECA, Manuel da, 1987, Crónicas Algarvias, Caminho, 2.ª Edição.